Matéria

Levantamento aponta medidas tributárias para combater a crise

13 de abril de 2020

Breno Vasconcelos, sócio de nossa área tributária e Professor do Insper, falou ao site da instituição sobre  pesquisa que mapeou as medidas tributárias adotadas em 43 países para aliviar os efeitos econômicos da pandemia.

De acordo com Breno, que é também pesquisador do Núcleo de Tributação do Insper, junto com Thais Veiga Shingai e Letícia Sugahara, das 166 medidas adotadas pelos países, metade correspondeu ao diferimento de tributos, seguido da redução de carga tributária e do diferimento de obrigação acessória. Essa constatação mostra que os países estão alinhados à recomendação da OCDE, de postergar o prazo de pagamento de tributos para resguardar a liquidez das empresas e manter empregos.

Para ele, entre as medidas tributárias mais urgentes para o Brasil, além da já anunciada postergação do vencimento de PIS/Cofins e contribuições previdenciárias patronais, seria importante também postergar antecipações mensais de tributação sobre a renda, como as estimativas de IRPJ e CSLL e carnê-leão, bem como avaliar a possibilidade de postergar o vencimento de ICMS e ISS.

Confira todos os detalhes do levantamento em: https://www.insper.edu.br/noticias/levantamento-nucleo-de-tributacao-entrevista/