Matéria

Contribuinte tentará driblar mudanças, e ganho com dividendo será menor, prevê fisco

13 de julho de 2021

Breno Vasconcelos, da nossa área tributária, falou com a Folha sobre a mudança de posição do Governo Federal no que diz respeito às estimativas de arrecadação que justificariam a volta da tributação dos lucros e dividendos.

A matéria, assinada pelo jornalista Douglas Gavras, trata do texto divulgado pela Receita Federal nesta segunda-feira (12), no qual consta uma previsão de arrecadação menor do que a originalmente divulgada, considerando agora a possível alteração de comportamento que a nova tributação gerará aos contribuintes, que poderão passar a distribuir menos lucros e pagar menos dividendos no futuro.

Vasconcelos explicou a lógica utilizada pelo Governo nessa previsão: “Estão considerando que os contribuintes, cientes da nova regra, se anteciparão e distribuirão mais dividendos em 2021, para evitar tributar dividendos acumulados em 2022, e mudarão suas regras de remuneração dos acionistas no futuro”.

Para ler a matéria completa, acesse: https://bit.ly/36x8g39